Uma mini enciclopédia explicando como prevenir, sintomas e tratamentos de doenças comuns que acometem as mulheres e seus sistemas genitais.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Conclusão (Karine)

Ao fazer este trabalho, pude concluir que é muito importante estar atento a todas as medidas preventivas com relação as doenças sexualmente transmissiveis. Também pude perceber que as mulheres são mais vulneraveis a doenças, tendo-se em conta a anatomia no orgão sexual feminino.
É também muito importante ter cuidado ao escolher o parceiro sexual e usar preservativos. Metodos anti-concepcionais servem apenas para prevenir contra gravidez indesejada, já o preservativos serve também para prevenir o contagio das DSTs.
Varias doenças, tais como pediculose pubiana, HPV e metrite, podem ser adquiridas por contato com objetos contaminados e/ou mal higienizados. é Importante também ficar atento se o parceiro sexual não possui nenhuma DST e se a propria pessoa também não a possui.
Mesmo que não haja nenhuma DST em nenhum dos dois, é bom fazer exames para DSTs como Aids e Hepatite B, e nunca dispensar o uso dos preservativos. Este é o unico metodo contraceptivo que previne também contra DSTs.
Este trabalho foi proveitoso pois conheci mais sobre os cuidados e sobre as doenças do sistema genital feminino, assim, ampliei meu conhecimento sobre este tema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário